sexta-feira, 29 de dezembro de 2006

Adeus, Arriverdeci, Au Revoir, Auf Wiedersehen, See you, Adios 2006

Primeiro: Hoje para começar o dia, ao fim de 3 min. de corrida estatelei-me no chão (Zen, lembrei-me de si, também estatelado no chão!).
De joelhos e palmas no chão, a primeira sensação foi de vergonha, a segunda foi o receio de ter ficado com marcas no joelho e não poder usar saia no domingo, e a terceira foi de medo de ter provocado alguma lesão.
Ridículo, não é? Ainda nem cheguei aos "inta" (30), e já estou a perder faculdades!!!
Levantei-me depressa, nem olhei para qual tinha sido a causa daquela queda aparatosa no meio de uma avenida movimentada, mexi-me e fugi dali a correr e a coxear. Ao fim de 30 segundos, voltei a correr normalmente, mas senti-me uma palhaça. E pensei "Estás a ver?! Isto é o que dá não treinares, e já teres perdido a noção de como é que se corre!!!!" Pois é, parece que me esqueci de levantar os pés do chão...
Quando voltei e passei pelo local do acidente, reparei que afinal havia ali falta de um pedaço de alcatrão, e foi aí que o meu pé se alojou e tropeçou.
Cheguei a casa, ao fim de 35' de corrida lenta e reparei que as calças estavam em perfeitas condições, mas um dos joelhos estava como há 22 anos atrás quando eu me fartava de esfolar os joelhos.
Segundo: Uma coisa bonita que me aconteceu, foi o facto de muitos amigos do Fórum O Mundo da Corrida terem participado na iniciativa que lá apresentei: a I Corrida-Encontro Online.
A ideia era irmos todos correr no mesmo dia (24/12) à mesma hora (9h), mas em diferentes pontos do país. Já que não podemos estar todos juntos (no mesmo sítio) para correr, estamos de alguma forma juntos, em "linha", em sintonia, à mesma hora a fazer a mesma coisa. Cerca de 50 corredores aderiram a esta ideia.
Esta ideia surgiu-me a falar com a amiga Ana, quando conversávamos sobre o facto de termos pena por morarmos tão longe uma da outra, e não podermos correr juntas. E eu pensei "Então, se há gente a namorar online, nós também podemos correr online!" A ideia era nós marcarmos uma data e hora, corrermos uma distância semelhante, e depois conversarmos sobre o treino. Achei a ideia bestial na altura, eu e a Ana a corrermos à mesma hora, a 300 kms de distância uma da outra, mas a pensarmos uma na outra. A sensação seria quase a mesma de tê-la ali ao lado. Só bastaria um pouco de imaginação e coração.
Mas assim foi, tivemos cerca de 50 atletas àquela hora a fazer o mesmo que eu, unidos pela mesma razão.
Tenho a agradecer a todos esses amigos, por terem aceitado correr comigo nesse dia. Senti-me lisonjeada e acompanhada.
Deixei relatório desse treino no Fórum.
Terceiro: Queria agradecer ao pessoal que me desejou Bom Natal. Espero que todos tenham passado um dia feliz na companhia de quem mais amam.
Quarto: Agradeço também aos amigos que deixaram as suas respostas ao meu questionário de Natal. Já as publiquei no blog Outros Prazeres. Infelizmente, e mesmo após diversas tentativas, ainda não consegui colocar fotos. Obrigada pela vossa participação.
Quinto e último: Este será o último post do Ano.
Desejo a todos Felizes Entradas em 2007.
Festejem o Ano Novo com muita alegria e com esperança.
Para mim, é mais uma festa dupla. No dia 31 é também dia do meu 29.º aniversário, o que significa que estarei a celebrar a dobrar.
Um Beijinho com muito carinho para aqueles que estão no meu coração.

5 comentários:

  1. O meu pai costumava dizer que tudo o que começa mal acaba bem... portanto o inicio do fim do ano foi em queda, de certeza que irá acabar em alta... são pelo menos esses os meus desejos.

    ResponderEliminar
  2. Geralmente os nossos desejos na passagem para um novo ano têm a ver com a nossa família, os filhos, com aquilo que a vida nos pode trazer de bom. Mas, um dia a minha avó com 81 anos, disse-me uma coisa que me surpreendeu e deixou-me a pensar: « seremos capazes de mudar o rumo das coisas? eu sou!» passeando comigo no jardim de Santa Luzia no Castelo, soltou uma enorme gargalhada e disse: « olha, ainda não é este ano que me vou...»
    - A avó Elisa nesse ano quis aprender a ler e a escrever! Seguiram-se 15 anos de extrema felicidade! Faleceu com 96 anos.

    Um feliz 2007 para todos vós
    Um abraço

    Eduardo Santos

    ResponderEliminar
  3. Nelson, Cris e Eva-4ºBdomingo, 31 dezembro, 2006

    Olá Lénia,
    Parabéns pelos teus
    (30-1) "aninhos"!
    Um 2007 para ti e para os teus com o que de melhor existe neste mundo. :-)

    ResponderEliminar
  4. Olá Lénia

    Um bocadinho atrasada, mas não quero deixar de te dar os Parabéns!!!!Muitos anos de vida na companhia dos teus mais queridos! E muita saúde e muia alegria, e ainda: muitas e boas corridas!!

    Até breve
    Ana Pereira

    ResponderEliminar
  5. Lénia

    Antes de mais parabéns!
    Depois um BOM ANO de 2007!

    E depois do depois, quem gostou de ler "Os Maias" do Eça só pode ser boa pessoa!

    Um grande abraço também.

    ResponderEliminar