segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

On the road to Triatlo de Quarteira



No dia 30 de Março, vai realizar-se o Triatlo de Quarteira. Há já uns poucos anos que assisto a este evento com muita vontade de participar, mas infelizmente nunca tenho preparação suficiente na altura para poder aventurar-me naqueles kms.

Este ano, depois dos 20 kms de Cascais, pus-me a pensar que a vida é mesmo curta e que eu ficaria um pouco arrependida se acabasse a vida sem participar no triatlo de Quarteira. E antes que a vida termine (porque eu não sei quando é que isso pode acontecer, mas a verdade é que se trata de uma coisa garantida, do mais garantido que há! ), se calhar não era má ideia pensar nisto a sério.

Há duas semanas que iniciei o meu treino informal para este triatlo, mas a muito custo. Ser mãe, trabalhar a tempo inteiro e ter 3 modalidades diferentes para treinar é mesmo um grande desafio. Tenho de abdicar de muito tempo familiar, pois tenho de usar alguns finais do dia, as madrugadas e para treinar mais um pouco os fins-de-semana, e mesmo assim, acho que não tenho feito nada...Vou é começar a anotar aqui os meus treinos.

Comecei a nadar e a andar de bicicleta duas vezes por semana, além de cerca de 3 sessões de corrida por semana. Mais uma vez, são treinos sem qualquer planeamento, ao sabor do vento e da minha disposição e disponibilidade. Vou à piscina quando posso, a Loulé ou a Olhão, porque aqui ainda não existem piscinas. E bicicleta só posso fazer muito cedo durante a semana (tipo antes das 7h da manhã) ou então ao domingo, porque andar nestas estradas é realmente uma aventura, nunca sabemos se vamos voltar para casa. A corrida é metida nos buraquinhos...

Mas nisto tudo só há um problema: prometi a mim mesma que só o faria se perdesse algum deste peso que teima em não sair de mim desde o Natal. Nos meses de Novembro e Dezembro parei por completo e pus mais 3 kilos em cima. Desde Janeiro recomecei a treinar e deixei o Bolo-Rei, mas até agora, nada de resultados. Nem umas gramas desapareceram (é só músculo, lol). O peso não desce e eu gostava de saber porquê. Gostava de consultar uma nutricionista, alguém que olhe para a minha dieta e me diga o que é que estou a fazer de mal, se estou a comer demais ou a combinar mal alguns alimentos. Tenho agora é de encontrar alguém de confiança, conhecem alguém?

O problema também é que também desde Setembro a minha vida tornou-se mais sedentária: passo nove horas por dia sentada à secretária no escritório!!! E assim, nestes 165 cm já cá cantam 63 kgs, às vezes acrescidos de mais 500g.

Bem, mas já agora deixo aqui em baixo um apontamento sobre a minha alimentação. A minha dieta diária resume-se muitas vezes a isto:


8h15 - p.a.: leite ou café com leite, pão branco ou integral com queijo (ou) batido de banana com leite magro

11h00 - Lanche: salada de frutas (pode conter: abacaxi, kiwi, banana, maçã, laranja) com frutos secos (nozes, alperces, passas) (ou) metade da sandes do pequeno almoço

13h30 - almoço normal

17h - Lanche: fruta/ iogurte/ chá

20h - Jantar leve mas, às vezes, como um doce que pode ser bolo ou chocolate (uma pessoa tem de ter estes mimos às vezes, não é?)

Será que ando a comer muito? Talvez, talvez...

Bem, hoje fico por aqui. Volto depois com mais notícias do meu treino para o Triatlo de Quarteira. Talvez volte já com um plano de treino. Aceitam-se sugestões.

Até já!


9 comentários:

  1. primeiro que tudo Parabéns por enfrentares esse desafio: O Triatlo! SEi qeu já não é a 1ª vez, mas é obra! Um desafio daqueles! Para os quais eu não tenho coragem!

    Muita força para levares isso por diante! Força!

    Em relação à alimentação, mandei-te um mail, mas o que é isso de "almoço normal"?????

    Normal pode ser um peixe cozido, com legumes verde, 1 batatinha, azeite p/ temperar e uma maça, por exemplo, e assim estaria muito bem. Mas normal também pode ser filetes de peixe (fritos!!!!!!!!) com salada russa (carregada de maionese) ou Entrecosto grelhado com batatas fritas, e nestes e últimos casos, não me admira nada que o teu peso não baixe!


    O mesmo se passará com o jantar.

    E depois o tal docinho depois de jantar... pois, temos de nos permitir tais mimos, mas... se queremos emagrecer, só de vez em quando, né?

    Força Lénia! Treina com afinco, tem mais algum cuidado com o que comes e vais estar em excelente forma para o Triatlo

    Um beijinho
    Ana Pereira

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Ana pelas tuas palavras amigas!

    Vamos lá trabalhar com mais afinco, que de certeza que este peso baixa e fico assim mais leve para aquelas subidas manhosas que existem em Quarteira.

    Beijinhos Ana!

    ResponderEliminar
  3. Só para te desejar as maiores felicidades para Quarteira. Irás praticar uma modalidade fascinante e contagiante a todos os níveis.
    Pena que de facto seja tão exigente em termos de disponibilidade para treinar, se queremos um nível aceitável.
    Mas as coisas difíceis são muuuuiiiitttttoooo mais saborosas... Verdade??

    ResponderEliminar
  4. This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

    ResponderEliminar
  5. Força Lénia.
    É assim mesmo.
    Somos aquilo que fazemos, e não o que deixamos por fazer.
    Beijinhos
    Nuno

    PS.Toma cuidado com esse leite com café logo de manhâ. Leite com café, é das coisas que mais tempo leva a fazer a digestão no estomago.

    ResponderEliminar
  6. Olá Lénia.

    Gostei muito das tuas palavras lá na casa da Maria que tem a mania das dietas... deixei lá comentário em resposta ao teu.

    E "nós" minha amiga, vai tudo sobre rodas, e sobre água e sobre as sapatilhas, para o Triatlo?

    Tens de ter muita força de vontade e determinação. Eu sei que tens, mas às vezes parece que deixas adormecer essa faceta lutadora... (olha quem fala, né?)

    E domingo, ESTAMOS nas Lezírias ? Diz que sim, diz que sim, diz que sim..... please!!!!

    Um beijinho grande para ti
    Ana

    ResponderEliminar
  7. Definitivamente sim, Ana!

    Lá estarei se nada de maior me impedir.

    Agora com essa leveza toda, nem nos primeiros kms te consigo acompanhar.:-) Ainda não é desta, ainda não é desta, Ana! Que eu te ganho. Um dia, um dia e menos 5 kgs.

    ;-)

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Eis o "espírito" de uma triatleta renascida!
    Não é que não gostasse também de estar na Quarteira para um triatlo, mas isto vai cá uma crise... e não se pode ir a todas!
    Deixa-me então desejar-te: good luck!!

    ResponderEliminar
  9. Bons treinos e bem vinda ao mundo do triatlo...Lá te esperamos em Quarteira. Procura pelo pessoal do Compeed Tri-oeste.

    Comecei exactamente com o pensamento de "não hei-de morrer sem fazer um triatlo"...agora é mais ..."não hei-de morrer sem fazer MAIS um triatlo".

    Espero que te divirtas nos treinos e nas futuras provas. É isso que interessa

    ResponderEliminar